Por que o Insuflador de CO2 deve estar posicionado na primeira prateleira da torre de videocirurgia?

Você conhece o nosso Sonho Grande?
17 de abril de 2020

Por que o Insuflador de CO2 deve estar posicionado na primeira prateleira da torre de videocirurgia?

O posicionamento é imprescindível para a segurança do paciente.

Você já deve ter lido em nosso artigo sobre a importância do insuflador de CO2 para a videocirurgia que o equipamento serve para expandir a cavidade do paciente, abrindo um campo de visão para que o cirurgião opere utilizando os instrumentais e a microcâmera. Ou seja, ele controla toda a pressão intra-abdominal durante o procedimento. Mas você sabe a razão de o insuflador de CO2 precisar estar posicionado na primeira prateleira da torre?

Quando a cavidade abdominal atinge a pressão desejada pelo cirurgião é normal que, durante a manipulação das pinças ou mesmo pela palpação, essa pressão fique um pouco acima da desejada. E nessa hora o insuflador microprocessado aspira um pouco de CO2 para equilibrar a pressão intracavitária exatamente na pressão configurada pelo cirurgião.

Durante essa aspiração, é possível acontecerem refluxos de secreções pela mangueira de insuflação de CO2. Neste caso, se o equipamento estiver posicionado abaixo da altura do paciente, nas prateleiras mais baixas do armário, as secreções do paciente podem “voltar” e contaminar os circuitos eletrônicos e pneumáticos do equipamento, colocando em risco os próximos pacientes.

Mas o que o posicionamento na prateleira tem a ver com tudo isso? A gravidade é a chave. Se o insuflador de CO2 estiver acima da altura do paciente, ou seja, na primeira prateleira, caso haja o fluxo reverso de secreções, a ação da gravidade dificulta que o fluido percorra a mangueira até o equipamento, formando uma “barriga”. Essa é a forma mais segura de evitar riscos aos pacientes e danos ao equipamento.

Segurança

Vale lembrar que, na videolaparoscopia, o insuflador de CO2 é o equipamento mais crítico em termos de segurança do paciente. Os atuais equipamentos microprocessados são muito eficientes e seguros no controle de pressão intra-abdominal pois conseguem medir a pressão durante a insuflação além de medirem no intervalo de sopro. Por essa precisão são mais seguros.

Se você deseja se aprofundar ainda mais no assunto, o artigo Alterações Sistêmicas e Metabólicas da Cirurgia Laparoscópica, publicado na revista da Sociedade Brasileira de Videocirurgia (Sobracil), discorre um pouco mais apresentando os efeitos do CO2 no intra-operatório e muitos outros temas ligados às alterações durante videocirurgias.

Insuflador de Co2 Confiance Medical

 

Dúvidas? Entre em contato conosco via chat ou em nosso formulário de contato e saiba mais sobre Insufladores de CO2.

TRADUZIR