Confiance Medical

Retrospectiva 2021: Websérie com cirurgiões 2ª Parte

Convidamos quatro cirurgiões especialistas para gravar os episódios da Websérie “O que é importante para o Cirurgião?” e o resultado ficou incrível!

Na primeira parte desta retrospectiva, mostramos as entrevistas dos convidados Prof. Dr. Ricardo Lasmar e Dr. Gustavo Gualda para a nossa websérie. Agora, vamos relembrar também a nossa conversa com mais dois excelentes profissionais: Dr. Carlos Eduardo Junqueira – Médico-Cirurgião Pediátrico e Dr. Luiz Flávio Cordeiro Fernandes – Médico-Cirurgião Ginecológico e Obstétrico. Eles deram as suas opiniões sobre técnicas, equipamentos, fornecedores e disseram o que pensam sobre a Confiance Medical. Confira as perguntas e respostas. ↓

1 – Quando começou a operar por vídeo?

Carlos Eduardo: “Eu sou cirurgião pediátrico com formação desde 1983, quando eu terminei minha residência. E comecei a fazer videocirurgia em 1997 ou 1998.”

Luiz Flávio: “Desde 2008, praticamente todos os procedimentos cirúrgicos que eu realizo são feitos pela via minimamente invasiva. Sendo a sua grandessíssima maioria a videolaparoscopia ou a videohisteroscopia.”

2 – De lá pra cá, o que mudou em suas videocirurgias?

Carlos Eduardo: “A imagem melhorou muito, porque antes a gente trabalhava com a câmera analógica e com um insuflador, que se eu não me engano, chamava insuflador mecânico. E agora não, agora você tem o insuflador automático. A imagem também, que antes era imagem analógica, e agora a gente tem a imagem HD. E agora, mais recentemente, em 4K. A imagem em 4k que dá uma definição muito maior para gente das estruturas e dos órgãos internos.”

Luiz Flávio: “Houve uma evolução tecnológica importante e de lá para cá, vejo que há uma compatibilidade maior entre a formação da imagem e a transmissão dessa imagem. Sabendo que isso é o que nos permite evoluir na execução de procedimentos cada vez mais complexos.”

3 – O que é importante para que um procedimento minimamente invasivo seja bem sucedido?

Carlos Eduardo: “Acho que a imagem é muito importante e a gente tem que ter um apoio muito grande das empresas que fabricam o material de imagem e de insuflação, de iluminação para que gente poder ter uma visão muito boa do campo cirúrgico.”

Luiz Flávio:Toda escala precisa ser muito bem feita. Desde o início no consultório, na hipótese diagnóstica realizada por nós, nos exames subsidiários que irá embasar não só a hipótese diagnóstica e o planejamento deste tratamento cirúrgico. O treinamento do cirurgião que é fundamental e, por fim, obviamente que o equipamento nos faz realizar procedimentos cada vez mais complexos que antigamente não se pensava ser possível.”

4 – O que é importante em um equipamento de videocirurgia?

Luiz Flávio: “Para mim, o que é importante no equipamento de videocirurgia é a capacidade deste equipamento reproduzir da forma mais fidedigna aquilo que eu não vejo.”

5 – O que uma empresa de equipamentos médicos precisa entregar para ter a sua recomendação?

Carlos Eduardo: “O prestador de serviço tem que ter uma calibragem dos aparelhos todos, ter uma manutenção dos aparelhos, que é muito importante, porque às vezes acontece. Eu tive casos de operar criança e em vez de insuflar um litro por minuto, passa a insuflar, de repente, vinte, trinta litros por minuto. E isso é muito para a capacidade abdominal da criança. Então tem que ter uma manutenção muito criteriosa e muito eficaz, para evitar esses defeitos e evitar complicações por conta do aparelho e não por conta da cirurgia em si.”

Luiz Flávio: “Primeiro e mais fundamental de todos é qualidade. Qualidade na aquisição da imagem, qualidade na transmissão e na reprodução dessa imagem. Em segundo lugar, a confiabilidade desses equipamentos, que permita cirurgias, independente do seu tempo, mantendo sempre no maior alto nível.”

6 – Qual é a sua opinião sobre a Confiance Medical?

Carlos Eduardo: “A Confiance Medical é uma empresa que eu conheço desde, praticamente, a sua formação. O Guarany é uma pessoa fantástica e ele sempre me apoiou e sempre me deu força para tudo. Assim, o aparelho dele é excelente, eu trabalho com o aparelho em alguns hospitais e a aparelhagem tem uma definição muito boa, uma aparelhagem de excelente qualidade. E principalmente essa recente né, essa 4K, excelente. Inclusive, a primeira vez que eu vi, que eu coloquei para operar uma criança, eu até liguei, entrei em contato com ele para elogiar pessoalmente a ele.”

Luiz Flávio: “Confesso que anteriormente desconhecia e a gente sempre com, não sei se posso chamar de preconceito ou conhecedor de outras tecnologias estrangeiras, imaginando que o de fora é sempre melhor do que o nosso. Mas depois que vi a qualidade, tudo o que tem por trás na concepção da empresa, a primazia que se tem em oferecer o produto da mais alta qualidade. Não só uso como tenho orgulho de reproduzir a minha opinião para outros jovens cirurgiões, outros cirurgiões que porventura não conheçam e tenham o mesmo pensamento que eu tinha lá atrás.”

Gostou?

Assista aos vídeos na íntegra:

Ep.3 Websérie: O que é importante para o cirurgião? | Dr. Carlos Eduardo Junqueira
Ep.4 Websérie: O que é importante para o cirurgião? | Dr. Luiz Flávio Cordeiro Fernandes

Tem alguma sugestão de artigo? Manda pra gente: marketing@confiancemedical.com.br

#PorUmMundoSemCicatriz